4 tipos de pessoas



Com dados de mais de 1,5 milhão de pessoas, pesquisadores da Northwestern University parecem ter chegado a uma conclusão capaz de mudar um bocado de conceitos da psicologia e a forma de estudar a psique. Eles dizem ter encontrado pelo menos quatro grupos distintos de tipos de personalidade. Essas divisões seriam baseadas nos cinco traços básicos de personalidade mais aceitos pela ciência atualmente: neuroticismo ou instabilidade emocional, extroversão, abertura para a experiência, afabilidade e conscienciosidade. São eles:


  • Average: Pessoas que tem altos níveis de neuroticismo (pensamentos negativos em uma variedade de áreas) e também extroversão. São porém, deficientes em capacidade de abertura. É nesse grupo que a maioria das pessoas entra.

  • Reserved: Emocionalmente estáveis, mas não chegam a ser pessoas abertas. E nem neuróticas. Aqui, a galera não é conhecida por sua extroversão, mas consegue ser agradável e consciente.

  • Role model: As pessoas desse grupo registraram uma pontuação bem baixa no neuroticismo e alta em todas as outras característica. É um grupo confiável e aberto a novas ideias. Por isso, são ótimos para se encarregarem de obrigações – e para fazer negócios. Um fato curioso é que a probabilidade de alguém ser um role model aumenta drasticamente com a idade.

  • Self-centered: Esse pessoal apresentou uma pontuação bastante alta em extroversão. Porém, notas abaixo da média nos itens abertura, agradabilidade e consciência. No sentido contrário dos role models, conforme a idade aumenta, menos pessoas pertencem a esse grupo.

Mentes online

Ok, mas por que estamos falando disso? Porque o estudo desafiou os paradigmas da piscologia ao entrevistar pessoas online. Até então, a ciência nunca havia usado dados digitais para chegar a conclusões sobre personalidade. Fora isso, o estudo combinou uma abordagem computacional alternativa com os dados de quatro questionários desenvolvidos pela comunidade de pesquisa ao longo de décadas, que têm entre 44 e 300 questões diferentes. Uma união do tradicional com o novo, olha só.


Os entrevistados em questão aceitaram responder voluntariamente os questionários, atraídos pela oportunidade de receber feedback sobre sua própria personalidade. Esses dados agora estão sendo disponibilizados para outros pesquisadores para análises independentes. Você pode saber mais sobre o estudo da Northwestern aqui.

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO