A nova onda das Operadoras


TIM deve lançar serviços financeiros para clientes de pré-pago em 2020 (Reuters) Indo na esteira da Claro, que acabou de lançar um serviço de crédito para usuários, a Tim pretende transformar o pré-pago em “cartão de débito”. Segundo o presidente-executivo da operadora, Pietro Labriola, a ideia é atingir o público desbancarizado.


Oi lança marca “Oi Soluções” apenas voltada para B2B (Mobile Time) “B2B é hoje o segundo maior negócio da empresa, fica atrás apenas do móvel”, disse Rodrigo Abreu, COO da operadora. Com essa iniciativa, a Oi quer ser lembrada não só como uma operadora, mas também como uma prestadora de soluções digitais nas áreas de segurança da informação, big data, análise de dados, armazenagem de dados na nuvem, entre outros. A empresa pretende lançar serviço de cloud num futuro próximo. 


Fiat e Visa anunciam parceria para pagamentos (Época Negócios) Empresas vão criar soluções de pagamento integradas ao carro. “A gente está explorando as possibilidades agora, esperamos apresentar uma solução no ano que vem”, disse Mateus Silveira, chefe de inovação de produto e conectividade da Fiat. O executivo afirmou que a solução não ficará presa ao carro, como as etiquetas de pagamento automático de pedágio. “Conforme ele fizer o login, pode ficar na central de entretenimento do carro, no smartphone... Estamos entendendo as demandas do consumidor para saber o que oferecer”.


Somente 6% das marcas brasileiras são experts em Mobile, mostra Mobility Index (Meio & Mensagem) Feito pela Pontomobi, indicador mostra que apenas 6% das marcas do país já adotam o Mobile em suas estratégias de negócios. Ainda segundo o índice, 22% dos anunciantes foram colocados como “beginners”, ou seja, na fase inicial da adoção dessa estratégia e 44% estão ainda na fase de experimentação com a tecnologia. 


Estúdio de mobile games Wildlife se torna o 10º unicórnio brasileiro (Estadão) Avaliada em US$ 1,3 bilhão, a empresa recebeu aporte de US$ 60 milhões pelo fundo Benchmark Capital, investidor de companhias como Uber, Twitter e Snapchat. A Wildlife é responsável por games como Tennis Clash, Sniper 3D e Colorfy. “Queremos ser a Nintendo dos games para celular”, afirmou o cofundador da startup, Victor Lazarte, ao Estadão.


Unilever cria cargo de Chief Digital and Marketing Officer (CNBC) A companhia nomeou Conny Braams para o cargo que, segundo executivos, coloca a companhia pronta para o futuro “para a digitalização total e para o marketing voltado para o consumidor” . Falando em criação de cargos devido à transformação digital, a cidade de Nova York criou o posto de “Chief Algorithm Officer”, uma pessoa responsável por gerenciar os algoritmos que são usados para automatizar alguns serviços municipais. A ideia é o CAO entender as implicações éticas e evitar viés em algoritmos. 


Google está desenvolvendo produto que mostra quais ruas estão iluminadas no Maps (TNW) A ideia é trazer uma funcionalidade de segurança aos mapas, já que o usuário poderá ver quais espaços são mais iluminados à noite. Falando na Big Tech, os fundadores do Google saíram da presidência da Alphabet essa semana, deixando Sundar Pichai no posto.


Amazon faz primeiro streaming ao vivo de jogo de futebol (Trivela) O acordo da Amazon com a Premier League garantiu exclusividade à plataforma de streaming para os jogos no meio desta semana. Assim, a exibição de todas as dez partidas da rodada estiveram sob controle da empresa americana. O Crystal Palace 1×0 Bournemouth foi a primeira partida transmitida, antes de também passarem Burnley 1×4 Manchester City. A empresa está testando formatos Mobile de se fazer streaming de esportes. 


It’s Data Time


Batata frita foi comida mais pedida no Uber Eats em 2019 (Estadão)18% dos norte-americanos terminaram de assistir “The Irishman” no primeiro dia de streaming no Netflix (Business Insider)

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO