Apps vão gastar US$ 76 bi


Apps vão gastar US$ 76,2 bilhões em ads para download em 2020 (Mobile Marketer) De acordo com a AppsFlyer, o valor é 32% maior do que o gasto por aplicativos no ano passado. Até 2022, valor gasto em ads por apps será de US$ 118,4 bilhões. O destaque deste ano irá para a América Latina! Sim, o continente terá o maior aumento nos gastos com ads, que será de 39% para US$ 4,3 bilhões. Falando em gastos no mundo Mobile, sistema operacional Android deve superar o iOS em receitas com mobile advertising ainda neste ano.


WhatsApp atinge a marca de 2 bilhões de usuários no mundo (CNBC) A última vez que o app havia informado a quantidade de usuários tinha sido em 2017, quando chegaram na marca de 1 bilhão. Em entrevista ao Wall Street Journal, o CEO do WhatsApp, Will Catchcart, informou que está nos planos do app continuar operando fortemente independente do Facebook, assim como “continuar a prover um serviço de mensagens criptografadas”.


Samsung e Netflix fecham parceria de exclusividade de conteúdo (TechCrunch) O serviço de streaming será o parceiro exclusivo de entretenimento da Samsung. O que significa que a Netflix vai ter acesso à Bixby, assistente de voz da fabricante, e também estará pré-instalada em smartphones da Samsung. Para alguns analistas, esse é um passo da sul-coreana para brigar com o Apple TV+ da concorrente.


MWC 2020 é cancelado por temores por Coronavírus (GSMA) Maior congresso mundial de tecnologia Mobile foi cancelado devido à “preocupação mundial com a epidemia” do Coronavírus. Segundo organizadores, as circunstâncias tornaram impossível colocar o evento de pé. O anúncio aconteceu após uma série de grandes empresas como LG e Sony cancelarem a presença no Congresso. Ainda falando sobre a epidemia, o governo chinês criou um app para alertar o risco que as pessoas têm de ter contraído o vírus.


Grow busca patrocinador para voltar a operar com bicicletas (Neofeed) Depois de reduzir operação de patinetes e tirar bicicletas de operação, Grow busca patrocinador para voltar a pedalar pelas cidades brasileiras, num modelo de negócio semelhante ao da Tembici com o Itaú.


Softbank planeja investir US$ 1 bilhão na América Latina em 2020 (Bloomberg) Dinheiro virá do fundo para a região lançado no ano passado. Desde que lançou o fundo, o Softbank já investiu US$ 1,6 bilhão na região. Segundo o responsável pelo funding, eles já estão de olho em duas startups brasileiras, uma peruana e uma do Chile.


Governo norte-americano pede para que Big Techs detalhem últimas aquisições (Axios) A Federal Trade Commission (FTC), a Comissão Federal do Comércio dos EUA, pediu para que Amazon, Apple, Google, Microsoft e Facebook informem com detalhes todas as aquisições não reportadas a autoridades norte-americanas feitas nos últimos 10 anos. No país, compras de empresas pequenas nem sempre precisam passar pela FTC. O principal objetivo é determinar se as grandes empresas exercem práticas anticompetitivas ao absorver concorrentes.


BV faz rodada de aporte de R$80 milhões na fintech WEEL (PEGN) Investimento é via BVx, braço de inovação do banco que possui parcerias com startups; startup faz antecipação de recebíveis, isto é, faz pagamentos adiantados a quem precisa receber dinheiro, em troca de uma taxa.


Mercado Livre planeja investir R$ 4 bi no Brasil em 2020 (Estado de S.Paulo) O valor representa um aumento de mais de 30% em relação aos R$ 3 bilhões investidos pela companhia no País no ano passado, afirmou  o vice-presidente-executivo da empresa para América Latina, Stelleo Tolda, ao jornal Estado de S.Paulo.


Uber lança serviço para usuários pedirem carro pelo telefone (Mobile Marketer) De volta para os anos 2000? O Uber abriu um serviço de telefonia nos Estados Unidos para os usuários que quiserem pedir carro sem utilizar o aplicativo. A confirmação da viagem virá via SMS.


Microcrédito e streaming de música na mira da Oi (Mobile Time) A empresa pretende rentabilizar parte de sua base de usuários de pós-pago oferecendo serviços de entretenimento e foca nos serviços financeiros para a base de pré-pagos.


It’s Data Time

Negócios de AdTech cresceram 72% em 2019 (MediaPost)

Facebook, Amazon, Apple, Netflix e Google gastaram US$ 25 bilhões em ads em 2019, valor 20% maior que em 2018 (Warc)

15 visualizações

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO