Banco Inter lança superapp e Dia dos Solteiros fatura bilhões na China



Banco Inter lança superapp com 69 parceiros (Mobile Time) O Banco Inter lançou oficialmente seu superapp que conta com parceiros de varejo online como AliExpress, Casas Bahia, Extra, Localiza, Netshoes e Nike. Segundo o Brazil Journal, hoje em dia o cliente da fintech acessa o aplicativo 17 vezes por mês, número que deve aumentar. Afinal, o superapp, como a gente já falou aqui no Morse, é um grande atrativo para chegar no lugar mais especial da economia global: a primeira tela dos smartphones.


Alibaba vende US$ 12 bilhões em primeira hora do Dia dos Solteiros (Reuters) Principal dia de compras na China, que acontece no dia 11 (hoje para a gente, ontem para eles) já faturou 22% mais na primeira hora deste ano do que do ano passado. Quer o mais impressionante? A marca de US$ 1 bilhão foi atingida em OITO MINUTOS!


Cyrela fecha parceria para entrar no setor de aluguel de imóveis residenciais (Estadão) Imóvel as a Service? A incorporadora formou uma joint venture com o fundo Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB) para entrar no mercado de locação de imóveis residenciais. Até agora, há quatro projetos selecionados, sendo que três já estão garantidos para integrar a empresa.

China inicia o desenvolvimento do 6G, logo após ter iniciado a operação comercial do 5G (CNBC) O país já uniu departamentos do governo, bem como 37 universidades para começar a pesquisa da novíssima rede de web móvel. Lembrando que o 5G ainda está em início de operação comercial, mesmo na China. 


Nielsen vai se dividir em duas empresas (Adexchanger) Enquanto a Nielsen Media ficará responsável pela mensuração de audiência de mídia, a Nielsen Connect focará em dados de mercado e analíticos para o setor de varejo. As duas empresas serão independentes e a divisão completa deverá ser finalizada no ano que vem. 


Amazon Ads deve chegar a receita líquida de US$ 10 bi em 2019 (eMarketer) Segundo eMarketer, a área de advertising da Amazon deverá faturar 33% a mais neste ano. 


Brasileira Kovi recebe investimento de US$ 30 milhões (Crunchbase) Startup de aluguel de carros é focada em motoristas de aplicativos e oferece veículos a custos reduzidos para quem quer trabalhar em apps, mas não tem carro próprio. A Kovi foi fundada no ano passado por Adhemar Milani e João Costa, que foram executivos da 99. 


Alibaba e WeChat vão liberar mobile payments para estrangeiros na China (TNW) Até hoje, o modelo de pagamentos mais popular da China não era liberado para turistas. Só no ano passado, 141 milhões de pessoas visitaram a China, o que traz uma oportunidade grande para Alibaba e WeChat entrarem nesse serviço. E fica a questão: em quanto tempo eles saem da China?!


Fintech brasileira lança solução de pagamento por geolocalização (Mobile Time) A Start Pay tem 170 parceiros em São Paulo, além de sites como a Amazon. Segundo o CEO da companhia, Carlos Eduardo, o pagamento funcionará assim: o usuário abre o aplicativo que mostra onde ele está. Caso ele precise fazer ajustes é possível fazer manualmente, mas o próprio app dá três opções de estabelecimentos próximos. Ao dar o ok, sinalizando a localização correta, o cliente coloca o valor da compra e efetiva o pagamento. 


Goldman Sachs liberou US$ 10 bilhões em crédito para usuários do Apple Card (Business Insider) Banco informou que já distribuiu esse montante para os donos de Apple Card. Segundo Tim Cook, lançamento do produto foi “o de maior sucesso de um cartão de crédito” nos Estados Unidos.

 

Disney+ exibirá ads em troca de acordos de licenciamento (The Verge) O Disney Plus, que começa a funcionar oficialmente amanhã nos Estados Unidos, está vendendo espaços de ads em troca de licença de filmes com estúdios. No centro desse novo formato está a discussão para ter a licença da nova trilogia do Star Wars, que havia sido vendida previamente para a Starz. Os ads vão aparecer no aplicativo do Disney Plus em celulares. 


It’s Data Time


Usuários da América Latina passam, em média, 4h40 usando o smartphone e 4h17 utilizando o computador (GlobalWebIndex)


40% do uso do smartphone é “microuso” - entre 15 e 22 segundos (NN/g)

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO