Detectando corrupção


Reconhecimento Facial

O site Reclame Aqui — que reúne reclamações e a reputação de lojas virtuais — lançou um aplicativo que usa reconhecimento facial para identificar os políticos e mostrar informações sobre acusações e crimes cometidos por eles. Apartidário, o Detector de Corrupção, do braço Vigie Aqui, requer apenas que o usuário aponte a câmera do celular para o candidato (funciona também com fotos) para que o app revele todos os inquéritos instaurados contra a figura pública. Ok, a notícia não é lá das mais novas, mas falar sobre uma ferramenta de combate à corrupção, às vésperas das eleições, é quase um dever cívico. 

Checador de Santinho

Segundo os desenvolvedores, o reconhecimento facial da plataforma funciona com uma ampla variedade de imagens que podem ser captadas em comerciais televisivos (horário eleitoral), debates políticos, cartazes, fotos de jornal, vídeos da internet e até mesmo dos famosos “santinhos”. Nos bancos de dados do app há governadores e vices, deputados federais que foram eleitos a partir de 2014, senadores eleitos desde 2010, presidentes e vice-presidentes, candidatos à presidência e aos governos estaduais.

Dedo-duro de bolso

O Detector de Corrupção usa apenas informações oficiais encontradas na Justiça brasileira (STF, STJ, TJs estaduais e TRFs). Processos que correm em segredo de Justiça não são incluídos. O aplicativo está disponível para Android e iOS (iPhone).

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO