Ei, não abandone!


A Universidade do Arizona sabe quando um aluno vai abandonar um curso, antes disso acontecer. É porque os universitários da instituição têm de usar seus IDs estudantis, para fazer quase tudo por lá, desde pegar um refri nas vending machines até entrar na biblioteca, nas residências e nos laboratórios. Com a ajuda de um sensor geográfico, é possível chegar a “indicadores altamente precisos” de desistentes do curso. Por exemplo: se você nunca tiver colocado o pé na biblioteca local, pode entrar na lista de atenção. Informações assim ajudam a instituição a trabalhar na retenção de alunos, já que é possível abordá-los e descobrir o que está errado antes de eles tomarem as vias de fato e largarem os estudos.


MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO