Facilitando a vida


Quem já comprou um roteador e se deu ao trabalho de olhar as especificações de Wi-Fi, era apresentado a números de identificação como “802.11ac” ou “a/b/g/n”, que indicavam a idade do aparelho — algo importante, já que eletrônicos mais novos captam conexões recentes. Vendo que isso só confundia mesmo, a Wi-Fi Alliance, anunciou que passará a adotar números para identificar os tipos de conexão sem fio.

O que é o Wi-Fi 6?


Todos esses codinomes complicados estão sendo alterados. Então, em vez de o Wi-Fi atual ser chamado de 802.11ac, ele será chamado de Wi-Fi 5 (por ser também a quinta versão, é uma ordem cronológica). Olha como o rebranding vai funcionar na prática:


  1. Wi-Fi 1: 802.11b (1999)

  2. Wi-Fi 2: 802.11a (1999)

  3. Wi-Fi 3: 802.11g (2003)

  4. Wi-Fi 4: 802.11n (2009)

  5. Wi-Fi 5: 802.11ac (2014)


É fácil entender: o Wi-Fi 5 é superior ao Wi-Fi 4. Logo, o Wi-Fi 6 vai ser melhor que o atual. E a Wi-Fi Alliance quer ver essa marca ir além do hardware. No futuro, quando você se conectar a uma rede sem fio, seu dispositivo informará a versão à qual você está conectado. Se houver duas redes, ou mais, disponíveis, você poderá escolher a rede sem fio mais recente e mais rápida, no caso a nova Wi-Fi 6.


Aos curiosos: caso seguisse o padrão, a Wi-Fi 6 deveria ser chamar 802.11ax. Como é bom mudar, não é mesmo?

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO