Movimentações tectônicas do digital


Amazon muda algoritmo para privilegiar seus produtos nas buscas


Lembrando que qualquer alteração no sistema de pesquisa da Amazon tem amplas implicações, afinal, o ranking dos produtos tem impacto direto nas vendas. A barra de pesquisa do site é a maneira mais comum de os compradores encontrarem itens online, e a maioria das compras acontece na primeira página dos resultados da pesquisa. Lembrando que as outras gigantes da internet, como Apple, Google e Facebook, estão sob análise dos órgãos reguladores americanos sobre como administram suas plataformas on-line e eventualmente diminuem a competitividade.

União Europeia quer criar imposto digital mesmo sem acordo global


A União Europeia estuda adotar um imposto sobre serviços digitais, mesmo sem um entendimento global sobre o tema. A proposta do bloco é aplicar uma taxa sobre o faturamento de grandes empresas de tecnologia que atuem no território. O plano foi divulgado por Paulo Gentiloni, comissário da União para Assunto Econômicos, em entrevista ao jornal La Stampa. Gentiloni acredita que a solução mais eficaz é incluir um imposto sobre a internet a nível global, mas não deu detalhes sobre a viabilidade disso. O tema é discutido há alguns meses pelos integrantes do bloco e encontra resistência de alguns países.

Chips Ultra Wideband da Apple podem tornar Bluetooth obsoleto


No lançamento dos novos iPhones, uma tecnologia adotada pela Apple na nova linha não teve tanto destaque, mas pode trazer uma revolução na conectividade entre aparelhos. A nova linha 11 virá integrada com chips Ultra Wideband (UWB), tecnologia que oferece uma conexão entre dispositivos muito mais precisa do que a conexão Bluetooth. Os chips UWB permitirão o desenvolvimento de uma infinidade de novas soluções de internet das coisas baseadas em localização. Podemos imaginar alguns exemplos com o Apple Watch e o iPhone, que se tornarão o centro de controle de casas inteligentes. A comunicação mais precisa entre eles e os aparelhos domésticos inteligentes cria espaço para usos mais integrados das soluções como, por exemplo, controlar um termostato automaticamente de acordo com o cômodo da casa em que o usuário está. A tecnologia também traz novas aplicações para as empresas. No varejo, por exemplo, a maior precisão na localização do cliente dentro da loja permitiria enviar notificações com descontos de produtos com base no item específico que o consumidor está vendo na sua frente. A tecnologia UWB existe há algum tempo, mas a decisão da Apple de adotá-la pode torná-lo o novo padrão do setor.

Motorola lançou TVs com sistema Android


Em parceria com a Flipkart, gigante indiana do comércio eletrônico, a Motorola fez sua estreia no mercado de Smart TVs. A empresa anunciou para os consumidores na Índia uma linha com seis opções de tamanho, de 32 a 65 polegadas. Todas rodam o sistema Android Pie e têm alguns jogos pré-instalados, sendo que vem junto na caixa um controle Bluetooth, similar ao do Xbox.

Vivo adota o RCS, novo padrão de SMS


Junto com o Google, a operadora Vivo lançou o novo sistema de SMS em sua rede. Chamado de RCS (Rich Communication Services), a novidade possibilita ao usuário realizar o envio e recebimento de arquivos, imagens, vídeos e adesivos, acompanhar se um amigo está online ou se está escrevendo uma mensagem, criar grupos de bate-papo, além de usar a rede wi-fi. Para os clientes da operadora, o serviço não consumirá o pacote de dados, inclusive para conversas com pessoas de qualquer lugar do mundo. Vale destacar que a Vivo é a segunda a utilizar o RCS no Brasil. A Oi foi pioneira utilizando o sistema no começo do ano. Enquanto isso, a Nextel afirma que já está em fase de testes e, provavelmente, será a terceira operadora brasileira a oferecer o padrão RCS para seus usuários. Segundo o diretor de produtos da operadora, Fábio Maeda, o lançamento deve ocorrer em outubro.

Banco norte-americano vai criar sua própria criptomoeda


O Wells Fargo, quarto maior banco norte-americano, anunciou que pretende realizar testes da sua própria moeda digital, baseada na tecnologia de blockchain. A intenção da instituição financeira é retirar os intermediários que existem nos processos de transferência de dinheiro entre países e entre suas agências, o que resultaria em uma economia de tempo e custos operacionais. A criptomoeda receberá o nome de Wells Fargo Digital Cash e será vinculada ao dólar.

WeWork adia IPO enquanto Airbnb faz planos


Após uma resposta fraca dos investidores aos seus planos, a We Company, dona da WeWork, adiou sua oferta pública inicial de ações (IPO). Recentemente, a agência de notícias Reuters informou que a We Company poderia buscar uma avaliação em seu IPO em torno de  US$ 11 bilhões, valor significativamente menor em comparação com a avaliação de US$ 47 bilhões alcançada em janeiro. No entanto, em comunicado oficial, a We Company disse estar ansiosa pelo IPO e que espera concluí-lo até o final do ano. Já o Airbnb anunciou que planeja realizar seu IPO em 2020. A empresa não esclareceu se já enviou a documentação para o IPO à SEC (Security Exchange Commission), órgão regulador do mercado acionário americano. Criado em 2008, o Airbnb possui um valor de mercado estimado em mais de US$ 30 bilhões. Mesmo sem revelar valores exatos de lucro e faturamento, a empresa afirmou que teve lucro superior a US$ 1 bilhão nos três meses finalizados em julho.

Novo padrão Wi-Fi promete melhorar conexões em ambientes domésticos e comerciais


Teve início o programa de certificação do Wi-Fi 6, o novo padrão de Wi-Fi que deve melhorar muito a qualidade e a velocidade das conexões de redes domésticas e comerciais. Embora o marco seja apenas uma formalidade, afinal já existem roteadores e aparelhos no mercado que contam com suporte à tecnologia, o programa de certificação da Wi-Fi Alliance representa o início oficial da era do Wi-Fi 6. Oficialmente, o primeiro celular a ser certificado, como destaca a Wi-Fi Alliance, é o Galaxy Note 10, mas outros aparelhos já contam com esse suporte, como os novos iPhones 11.

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO