Plantas & Bytes


O governo do Japão quer usar o Big Data para examinar a eficácia (e também os efeitos colaterais) da sabedoria milenar sobre plantas e ervas da China. Mais especificamente, da famosa fitoterapia chinesa. Esse ramo é conhecido pela combinação de vegetais durante a “produção” do remédio com a secagem das raízes de plantas, caules e folhas. Ao final do preparo, eles podem ser consumidos como estão ou dissolvidos em água quente, como se fossem chá.


Previsto para 2019,  o projeto vai coletar informações sobre cerca de 1 milhão de receptores de medicação natural para, depois de analisados, estabelecer uma base científica que certifique que 1) os medicamentos trazem resultados 2) sem provocar qualquer efeito negativo.

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO