Que o robô te abençoe...


Um novo sacerdote chamado Mindar está abençoando e aconselhando pessoas num templo budista de 400 anos em Kyoto no Japão. Isso não seria notícia, se a entidade religiosa não tivesse algumas características incomuns como, por exemplo, um corpo de metal e um cérebro de inteligência artificial, mesmo assim, Mindar consegue proferir sermões e interage com os fiéis de forma “natural”. E se é para falar dos humanos artificiais, temos que lembrar do Neon, desenvolvido pela sul-coreana Samsung - e apresentado na CES da semana passada. Eles têm função de servir como amigo imaginário e podem desenvolver personalidades incríveis como de uma pessoa comum, construídas a partir de experiências próprias. Quando a gente pensa na dominação da IA, a gente nunca pensou que poderia existir para melhorar os conselhos para a gente, não?!

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO