Telefônica e Pão de Açúcar: Big Techs?


Telefônica passará por reestruturação e terá ‘nova empresa’ de TI (Mobile World Dive) Uma operadora ganha quando começa a olhar para a tecnologia como negócio e não como infra?! A Telefônica está indicando de sim. Além de vender suas operações na América Latina - com exceção da brasileira, a espanhola vai criar a Telefónica Tech, unidade independente que terá os negócios digitais como IoT, Big Data e nuvem e será voltada para o B2B. Segundo o El País, essa área “digital” da operadora já tem tido alta de faturamento de 30% nos últimos anos. A expectativa é que tais medidas possam gerar mais de 2 bilhões de euros adicionais de receitas em 2022.


Pão de Açúcar e Raia Drogasil criam joint venture para empresa de fidelidade (InfoMoney) A expectativa é que a nova empresa, batizada de Stix Fidelidade, comece a operar no segundo semestre de 2020. Todo o relacionamento e comunicação com o cliente será feito via app. “A Stix não é um fim em si mesmo”, disse Eugênio de Zagottis, VP de planejamento corporativo e RI da Raia Drogasil ao Brazil Journal. “É a viabilizadora de um programa de fidelidade com moeda única para aumentar a recorrência e reconhecer os clientes fiéis.”


E-commerce brasileiro fatura R$ 3,2 bilhões em Black Friday (Época Negócios) O valor, relativo apenas ao volume vendido na quinta e na sexta-feira, é 23,6% maior do que o registrado no ano passado, segundo dados da Ebit|Nielsen. Além disso, os números mostram que a Black Friday de 2019 foi Mobile: 55% das compras foram feitas via smartphone. Nos Estados Unidos, a Black Friday rendeu US$ 7,4 bilhões aos varejistas - sendo que US$ 2,9 bilhões foram gastos apenas por compras Mobile.


HSBC vai substituir papel por blockchain para rastrear US$ 20 bi em registros (Reuters) Este será o maior implementação da tecnologia feita até hoje por um banco global. A plataforma - chamada de Digital Vault - deverá estar em operação até março do ano que vem e  dará aos investidores acesso em tempo real a registros de valores mobiliários comprados em mercados privados.


QuintoAndar passa a intermediar compra e venda de imóveis (Estadão) A startup vai ampliar sua área de atuação e, a partir de amanhã, vai começar a operar em algumas regiões da cidade de São Paulo. Donos de imóveis na cidade de São Paulo poderão cadastrar ativos para venda nesta semana, ofertas que estarão disponíveis para compradores em janeiro. Segundo a companhia, a operação nesta nova área de negócios gradualmente será levada a outras regiões.


Alexa passa a demonstrar “emoções” na sua entonação (CNBC) A assistente de voz da Amazon começará a responder às perguntas com animação ou desapontada. A mudança funcionará nos Estados Unidos e indica um trabalho da empresa de Bezos em transformar a voz em uma interface suave e parecida com o dia a dia do usuário.


Gympass monta hub de inteligência artificial nos EUA (StartSe) Unidade de desenvolvimentos de produtos e serviços que usam IA deve focar em  processamento de linguagem natural, aprendizado de máquina e automação por meio de robôs – subáreas da inteligência artificial. A ideia da companhia é melhorar a personalização da jornada do usuário na plataforma a partir do entendimento dos dados.


BMW testa aplicativo de delivery em sistema de carros (Mobile Marketer) Feito em parceria com a Olo, o “app” funciona nos sistemas de carros nos Estados Unidos e ele cria uma forma dos usuários pedirem comida enquanto estão na estrada. A entrega é feita pelo drive thru dos restaurantes que fazem parte da rede.


American Express lança reserva de restaurante em seu app (Mobile Marketer) Clientes do cartão Platinum poderão fazer reservas em restaurantes espalhados pelo mundo. A empresa começou a oferecer tal serviço após comprar duas startups de concierge, bem como da aquisição de uma fintech. 

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO