Todo mundo quer ser Fintech e Media Tech


Walmart planeja criar API e serviços self-service de Ads (Business Insider) O Walmart Media Group, braço de mídia e ads da gigante do varejo, está criando ferramentas para rivalizar com a Amazon Ads. Segundo o Business Insider, trata-se de uma plataforma self-service para marcas comprarem espaço de ads e uma API, que permite a terceiros gerenciarem o gasto de ads programáticos no site. Fora do mundo dos e-commerces, o TripAdvisor está indo por esse caminho também: diversificando os produtos de ads para depender menos das Big Tech. 


Globo quer investir R$ 1 bilhão no Globoplay e em novas tecnologias em 2020 (Valor Econômico) A estimativa é que o número de assinantes do serviço de streaming cresça cerca de 80% no ano que vem. Em entrevista, o presidente executivo do Grupo Globo, Jorge Nóbrega, também falou que a tecnologia vai favorecer a TV Aberta e que a empresa já testa a possibilidade de transmitir anúncios para pessoas diferentes durante o mesmo intervalo. Outra notícia da Globo, essa vem da Folha de S.Paulo: a empresa fechou parceria com o chinês CGTN para coprodução e tecnologia 5G. 


Google deve lançar serviço de conta corrente em 2020 (Techcrunch) Companhia está firmando parcerias com bancos e cooperativas de crédito para oferecer contas correntes para usuários. O projeto está sendo chamado internamente de “Cache”. E isso rolou na mesma semana que o Facebook lançou o “Facebook Pay”, uma plataforma de pagamentos P2P integrada aos sites da rede social azul escura. O que nos traz a pergunta: por que toda grande de Tech está querendo ser banco agora?


Uber e governo do estado de São Paulo integram transportes públicos e privado (Mobile Time) Ao digitar o destino dentro do app da Uber, o usuário terá a opção “transporte público” junto com as outras modalidades disponíveis no aplicativo para o transporte privado (como o Juntos e o UberX). O serviço exibe informações sobre linhas de ônibus, metrô e trens no app, permitindo que o usuário compare as opções disponíveis e planeje viagens completas usando vários modais.


Apple estuda criar uma assinatura única para seus produtos de mídia (Fast Company) Projetado para 2020, o novo serviço deve juntar o Apple News Plus, o Apple TV Plus e o Apple Music em um único preço. Ainda sobre rumores da Maçã, a CNBC informou que o Apple Glass - device de VR da Apple - será lançado em 2023. 


Rappi investe em cozinhas compartilhadas no Brasil (Neofeed) O conceito das “dark kitchens” é exatamente um espaço de cozinha que reúne restaurantes dispostos a atender à demanda do app. “As dark kitchens são um ponto focal de expansão para a Rappi no próximo ano. Os testes acabaram. Agora é hora de escalar”, disse Ricardo Bechara, diretor de expansão e cofundador da Rappi no Brasil. 


Pão de Açúcar compra controle de startup de refeições prontas Cheftime (Estadão) Segundo a varejista, startup já entregou 85 mil refeições desde início de parceria em novembro do ano passado. 


Gigante chinês investe na TruckPad, o marketplace dos fretes (Brazil Journal) A empresa recebeu aporte da Full Truck Alliance - chinesa que tem valor de mercado de US$ 10 bi. Segundo o CEO da TrcukPad, Carlos Mira, a expectativa é ampliar as operações e elevar o volume de mercadorias transacionadas por meio da plataforma de R$ 700 milhões, em 2019, para R$ 2 bilhões ao final do próximo ano.


Nike deixa de vender seus produtos na Amazon (CNBC) “No âmbito dos esforços da Nike para melhorar a experiência do consumidor por meio de relacionamentos diretos e pessoais, decidimos encerrar nossa experiência piloto com a Amazon Retail", informou o porta-voz da empresa. 


It’s Data Time


Apps de AR e VR vão faturar US$ 11 bilhões em ads até 2024 (Juniper Research)

Investimento em publicidade fica em R$ 8,2 bilhões no Brasil no primeiro semestre deste ano; alta de 7% (Cenp)

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO