Uma história em 3 push notifications


Aqui vai um termo que talvez você não conheça: microfiction. Trata-se de uma história contada de maneira enxuta, seja via conversa entre bots ou mensagens. Mas a startupSerial Box está levando o conceito para outro patamar: a partir de 9 de julho vai oferecer contos para serem lidos em celulares via push notification. São histórias que chegam ao smartphone por meio de notificações de 150 caracteres ou menos. Todas são escritas por um editor do grupo de escritores da plataforma.


O que mais legal é que essas histórias têm um tempo de vida. Ou seja, não vão estar mais disponíveis em lugar nenhum, depois de algum tempo. Ou seja, se você limpar inadvertidamente suas notificações, não vai poder ver o microconto novamente. A ideia é interessante porque cria um certo clima de FOMO (Fear Of Missing Out), uma vez que ou você vê na hora, ou perde. Outro ponto é que não acumula uma série de notificações na tela do celular.

Manda push!

Imaginar que uma empresa tem todo o seu modelo de negócios baseado em notificações do celular mostra a oportunidade que as marcas têm para contar suas histórias pelo push. Essa notícia, aliás, nos lembrou um bocado a estratégia do The New York Times para as push notifications, sobre a qual já falamos por aqui. Na redação do jornal, um editor fica responsável exclusivamente por criar e disparar os alertas com as notícias mais relevantes do momento – o que mostra o tamanho da importância que esse tipo de aviso ao leitor tem para o NYTimes. Para que a tática funcione e gere audiência para o site (em vez de ser somente mais um alerta que irrita os usuários), a publicação usa uma lista de critérios que determina se uma notícia específica vale o push.


Casos assim mostram como, apesar de existir muito push inútil por aí, os leitores são capazes de se engajar com um conteúdo curtíssimo que pula na tela. Só precisa ser algo bem elaborado, quem sabe criado com a ajuda de dados sobre o público alvo ou a clientela já fidelizada? Vale destacar aqui que o click rate em push notifications cresceu no iOS neste primeiro semestre. Ou seja, manda push, sim. Mas tome o cuidado de ser impecável também.

3 visualizações

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO