Você = seu coração


O Pentágono foi além do reconhecimento facial e agora consegue descobrir a identidade das pessoas a partir das batidas do coração. Sim, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos criou um laser que consegue detectar um cidadão apenas distinguindo as frequências cardíacas diferentes. Chamado de Jetson, o device funciona até uma distância de 200 metros e também “lê” os sinais embaixo de camadas de roupa. 


Esse tipo de identificação, segundo especialistas, tem 98% de acerto, e pode funcionar melhor do que o reconhecimento facial. Principalmente quando se tratam de multidões ou de situações ao ar livre. A questão agora fica na base de dados: o governo norte-americano terá que ter informações sobre o coração de cada pessoa que está no país.

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO