Amazon vai ter seu WhatsApp

/What's Up? O que agitou os últimos dias em nosso mercado

01/ Reino Unido investiga fake reviews da Amazon e do Google O governo britânico está investigando as duas gigantes da tecnologia para entender, afinal, o que está rolando com as reviews falsas. Para quem não está ligado neste quiproquó, que inclusive foi pauta do Morse na Tv da semana passada: basicamente, há indícios de que tanto os produtos listados na Amazon, quanto os serviços que aparecem no Google contenham opiniões e comentários de falsos clientes, e que isso pode ser na verdade uma grande indústria de falsos reviews. No Reino Unido, a autoridade está analisando o quanto as Big Techs não têm filtros para o uso malicioso do sistema de reviews.


02/ Google adia fim dos Cookies para 2023 A tão temida mudança dos cookies para terceiros do Chrome vai ficar para mais tarde: o Google deixou para a metade de 2023, exatamente um ano depois do que eles tinham anunciado anteriormente. O principal motivo do adiamento, segundo o próprio Google, é acertar a regulamentação com órgãos fiscalizadores. A empresa também prolongou o prazo para dar mais tempo para a sua alternativa ao cookie, os FLoCs, serem bem aceitos - e bem entendidos - pelo mercado.


03/ AWS agora terá um WhatsApp A Amazon comprou o Wickr. E, se você não sabe o que é esse app, tudo bem, porque ele não foi feito para a gente: é um aplicativo de mensagem criptografada usado por agências governamentais. Com isso, o serviço de computação em nuvem da Amazon passará a oferecer, também, uma plataforma de mensageria.


04/ Microsoft cria sua App Store para o Windows A Microsoft lançou o Windows 11 com um pouco de pimenta - para os olhos da Apple: passou a oferecer aplicativos de Android e também liberou a entrada da Amazon App Store no sistema. Tudo isso sem a cobrança dos 30%, como o CEO da empresa gostou de ressaltar. Essa semana também a Microsoft se juntou à Apple no clube dos trilhões, e bateu 2 trilhões de dólares em valor de mercado no pregão. Se você ficou curioso para saber o valor da Apple: são 2,24 trilhões de dólares.

/Following Up Novidades dos assuntos que já temos acompanhado por aqui


05/ Amazon compra nova plataforma de podcasts A Amazon está dando passos largos no universo de podcast. A Amazon Music comprou a Wondery no final do ano passado e agora está adquirindo a Art19! Essa nova plataforma permite hospedar podcasts, incluindo o de terceiros, e vender anúncios para eles. Mas a Amazon Music já não vende anúncios de áudio? SIM! Mas a Art19 pode impulsionar mais ainda, e de quebra favorecer o aumento de dados sobre o que está acontecendo dentro e fora de seu aplicativo.


06/ E-sports deve faturar mais de US$ 1 bi em 2021 Dados levantados pela consultoria Alvarez & Marsal apontam que o setor deve faturar US$ 1,1 bilhão em 2021, um aumento de 14,5% na receita global. E, com a modalidade ganhando cada vez mais notoriedade, a previsão é que as receitas alcancem US$ 1,6 bi até 2024.


07/ Mobile é protagonista em transações bancárias Em 2020, os smartphones representaram mais da metade do volume total de transações bancárias no Brasil (51%), isso totaliza 103,5 bilhões de transações. O mobile favoreceu o aumento de 63% em contratação de investimentos; 60% em transferências; 51% em pagamentos de conta; e 44% em contratação de crédito. Os bancos, no mesmo ano, chegaram à marca de 198 milhões de contas ativas em mobile banking com um crescimento de 115%. Não podemos esquecer do Pix que desde o seu lançamento até Março deste ano teve um aumento de 7% para 30% no total de pagamentos e transferências eletrônicas bancárias.



/Betting Up Notícias que não saíram mas que, por nossas análises, apostamos que devem acontecer em breve


08/ Amazon avança em Publicidade na TV A gigante do e-commerce vem acelerando forte no mundo da publicidade, utilizando sua audiência, seus dados e o transacional como forma de brigar de frente com o duopólio da publicidade digital. Em Search a briga vem sendo feroz, e a Amazon vem ganhando espaço… Porém, ainda existe um outro território da publicidade digital que soma bilhões de dólares e compõe boa parte da receita da dona do Youtube, os video ads… Bom, lembrando que a Amazon possui o Prime Video, que inclusive já vem nativo em diversas SmartTVs, não poderia ser esse o próximo campo de batalha dos Ads Digitais? Uma parceria da Amazon com os fabricantes de TVs conectadas. Já falamos por aqui que a LG comprou a Alphonso com esse objetivo, e a Samsung também vem acelerando em sua área de Ads.


/Coming Up Radar do Morse sobre novas tendências, produtos e serviços


09/ Shopify testa as águas dos ads A empresa de e-commerce vai começar a permitir criação de audiências com base nos dados transacionais para que os vendedores da plataformas consigam impactar com formatos de mídia no Facebook e Google. Aqui é importante dizer o quanto o Shopify tem se unido a aplicativos para se tornar a opção de compra, como fez no TikTok e até com o próprio Google. Sim, os que estão precisando acelerar ofertas cruzadas de Ads com Commerce para fazer frente aos avanços da Amazon na publicidade…


10/ Next vai lançar marketplace este ano O Next pretende lançar seu marketplace ainda este ano. A empresa já possui uma área dedicada à promoção, cashback e descontos, considerada um começo de marketplace, porém o CEO não disse se essa modalidade vai ser aproveitada para o novo produto da companhia. Nesse meio tempo, tem rolado uma outra ideia do banco digital de lançar um seguro de vida.


11/ Operadora indiana Jio lança smartphone próprio A Jio Platforms, operadora indiana que, recentemente, foi investida pelo Google e pelo Facebook, acaba de lançar, em parceria com o Google, um smartphone próprio. O JioPhone Next, que promete ser o celular mais barato do mundo. Tudo isso surgiu da necessidade de atender cerca de 300 milhões de pessoas que ainda usam celulares com tecnologia 2G na Índia, mas a ideia é expandir para outros países depois. Agora, antes de passar para a próxima notícia, saiba que o dono da Jio Platforms, o Mukesh Ambani, já deu uma passadinha no Morse, então não deixe de conhecer um pouquinho mais dele aqui no Ghost Interview!


12/ SoftBank: startup parceira do Inter capta US$ 28 mi de olho no Brasil A Atom Finance, plataforma que fornece acesso a recursos de investimento, recebeu aporte de US$ 28 milhões, liderada pelo SoftBank, com participação da americana General Catalyst (Airbnb, Stripe) e da brasileira Base Partners (Nubank, Wildlife). A startup, que já possui parceria com o Banco Inter, aposta na diversificação de ativos, na construção de novas ferramentas e estuda sua expansão para a América Latina e para o Brasil.


13/ ContaZap encabeça projeto para apoiar pequenos lojistas A Conta Zap criou o “Compre Aqui”, programa para incentivar a compra por pequenos lojistas na cidade de São Gonçalo. A ideia é oferecer o método da fintech de pagamento virtual para que os comerciantes anunciem produtos em redes sociais.

/Cashing Up Deals que movimentam o mercado*

*(O Cashing Up é apoiado por Divibank, uma solução inovadora e criativa para empresas em busca de financiamento com foco em growth)


14/ Vtex registra pedido de abertura de capital na bolsa de Nova York A startup de comércio digital para empresas e varejistas levantou os documentos para fazer IPO na bolsa de valores norte-americana. Oferta deve ficar entre US$ 200 milhões e US$ 300 milhões.


15/ Petz compra o Cansei de Ser Gato A Petz apostou no e-commerce e na plataforma de conteúdo essa semana e comprou a Cansei de Ser Gato. O setor, segundo a Petz, atende um segmento que vem crescendo: a população de felinos e a venda de produtos para esses animais. A compra da marca foi estratégica porque a Cansei de Ser Gato é referência "no mundo felino", possui alto engajamento nas redes sociais e excelente curadoria de conteúdo com a possibilidade de desenvolver produtos exclusivos.


16/ Eletronic Arts vai comprar o estúdio de jogos Playdemic por US$1,4 bilhão A Electronic Arts está comprando o estúdio de jogos Playdemic por US$1,4 bilhões. O foco que a EA vai dar para sua nova aquisição será em expandir o portfólio de jogos desportivos e acelerar o crescimento no segmento mobile para alcançar mais jogadores. A Electronic Arts está na onda de compra de estúdios e só em 2021 já foram anunciadas três grandes aquisições no valor, em conjunto, de cerca de US$ 5 bilhões. Só para lembrar aqui que a Playdemic antes da compra pertencia à Warner Bros Games.


17/ Uber compra restante da Cornershop A Uber, que já possuía 53% da Cornershop, aplicativo que oferece serviços de delivery de supermercados, anunciou que comprará os 47% que faltavam e se tornará proprietária única da empresa. A transação, que está prevista para ser finalizada em julho, será feita em ações da Uber, num total de 29 milhões de ações. A motivação da compra tem como foco dobrar as estratégias de entregas de alimentos no mesmo dia no mundo todo.

18/ Serviço de review de software se torna unicórnio Se lá no começo da news a gente falou sobre uma investigação aberta contra as reviews falsas em sites como a Amazon, essa startup oferece o caminho inverso: reviews com selo de qualidade. A G2, empresa que fornece análise de software online e banco de dados de informação, captou US$ 157 milhões da Série D e ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão se tornando um unicórnio. A rodada foi liderada pela Permira e teve contribuição do LinkedIn, IVP, Emergence e Accel. A empresa tem se destacado pelo serviço que presta para vários nichos de software e por sinalizar sobre qual serviço pode ser uma boa escolha.

19/ BuzzFeed vai fazer IPO mediante acordo com SPAC O BuzzFeed, que na semana passada anunciou que iria pagar pelo seu conteúdo, agora quer que você pague pelas ações dele. É isso! A empresa vai fazer IPO e chegou a uma transação com a SPAC que investiu US$ 1,5 bilhão. O BuzzFeed irá se fundir com a 890 Fifth Avenue Partners e fechou um acordo para compra da Complex Networks. Esse novo passo da companhia abrirá margem para novas transações e oportunidades de ganhar escala publicitária.

MATERIAIS GRATUITOS

MORSE YEARBOOK

Veja o que o futuro da tecnologia mobile reserva para os próximos anos.

RECEBA NOSSO CONTEÚDO